Translate

sexta-feira, 2 de agosto de 2019

EM GARANHUNS: ELEMENTOS PRESOS EM FLAGRANTE POR ESTUPRO, CONFESSARAM QUE TAMBÉM SÃO OS ASSASSINOS DO GAROTO LUCAS VINÍCIUS


Ontem (01.08.19) por volta das 09h00, o efetivo da GT MARIA DA PENHA  se deslocou até a Rua Vital Brasil, por trás da antiga casa de show Arena Hall para averiguar uma denúncia de estupro. No local se  depararam com as testemunhas, que informaram que socorreram a vítima uma cuidadora de idosos de 22 anos e a deixaram sob os cuidados da guarda municipal retornando para o local do fato, momento em que testemunharam  os suspeitos se evadindo do local. Que um senhor, havia flagrado os suspeitos praticando o estupro contra a vítima, que após serem surpreendidos os indivíduos empreenderam fuga a pé adentrando no matagal.
Os policiais estavam realizando diligências no referido matagal,  momento em que os suspeitos se evadiram em direção a Vila do Quartel, em atitude suspeita, chamaram atenção do agente segurança judiciário que estava no momento de serviço no prédio da Justiça Federal o qual acompanhou os suspeitos e efetuou a abordagem preliminar, na sequência o efetivo da GT Maria da Penha efetuou a abordagem e deu voz de prisão aos acusados: LUCIANO DE JESUS, 40 anos e  LUCAS DA SILVA, 18 anos, residentes no Conjunto Indiano - Garanhuns. 
Em seguida a vítima chegou na viatura da guarda municipal e reconheceu os suspeitos, a mesma informou que estava voltando do trabalho quando foi abordada pelos indivíduos, ambos portavam facas e ameaçaram de morte pressionando uma faca contra o seu no pescoço e a outra no abdômen, então a conduziram até um matagal e a obrigaram a se despir, a seguir consumaram o estupro havendo conjunção carnal com um o Luciano, enquanto o Lucas a segurava, além de tocar suas partes íntimas.
Com apoio do efetivo do GATI,  seguiram a Delegacia da Mulher, onde os acusados foram autuados em flagrante.
A vítima foi socorrida ao Hospital Regional Dom Moura, onde recebeu atendimento.
Quando em andamento da ocorrência, uma outra mulher relatou que na manhã da quarta feira 31.07, também passava no local, quando os suspeitos tentaram lhe atacar, mas que ela conseguiu escapar.
Logo que tomaram conhecimento das prisões, policiais da 22° Delegacia de Homicídios, que investigam o caso do menino LUCAS VINÍCIUS, de 08 anos, que após passar dias desaparecido foi encontrado morto, já em adiantado estado de decomposição em um matagal também localizado na área, interrogaram os meliantes e após constatação de inconsistência nos depoimentos, foi realizada uma busca na casa dos envolvidos, que são padastro e enteado, o Lucas acabou confessando que eles eram os autores do assassinato de Lucas Vinicius, não relatou a motivação. Disse ainda que eles estavam bebendo em um bar, quando viram o menino passar, o seguiram e o arrastaram para o matagal,  disse ainda que ficou vigiando enquanto o padrasto matava a vítima.
Lucas da Silva, afirmou que a dupla é responsável por vários delitos cometidos na área e que o padrasto sob ameaça de morte o obriga a ajudá-lo cometer os crimes.
A polícia segue dando andamento as investigações com o objetivo legitimar as confissões, para conclusão do inquérito e pedido de prisão preventiva pelo bárbaro crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário