Translate

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

CABO DA PM QUE APREENDIA PÁSSAROS SILVESTRES CRIADOS EM RESIDÊNCIAS E PEDIA DINHEIRO PARA NÃO DENUNCIAR OS CRIADORES FOI PRESO E AUTUADO EM FLAGRANTE EM CUMARU




Na manhã de ontem (25.11.18), um cabo da Polícia Militar foi preso em Cumaru.
Segundo a polícia, a prisão ocorreu a partir de denúncias feitas por moradores,  o cabo que  se apresentava como policial da Companhia de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma),  atuava fardado e com colete balístico. O mesmo  após  fazer apreensões de pássaros silvestres criados em residências e pedia dinheiro para não denunciar os donos dos animais.
O  PM  foi conduzido a Delegacia de Policia de Limoeiro, onde  foi autuado em flagrante pelo crime de corrupção passiva.
Ao ser ouvido pelo delegado Rommel Ricardo Caminha Lima, o cabo que está na PM há 28 anos, alegou que está  com dificuldades financeiras e que por isso vendia os animais apreendidos. 
No ato da prisão,  nove gaiolas com pássaros como papa-capim, curió, patativa e canário, foram encontradas no carro do militar.

2 comentários: