Translate

terça-feira, 2 de outubro de 2018

POLÍCIA AFIRMA: EX-ESPOSA E EX-CUNHADO FORAM OS MANDANTES DO ASSASSINATO DO ADVOGADO ANDRÉ AMBRÓSIO, OCORRIDO EM CARUARU NO MÊS DE JULHO DESTE ANO




Foi deflagrada na manhã de ontem (01.10.18) a Operação Patronus, para dar cumprimento a cinco Mandados de Prisões contra pessoas envolvidas no assassinato do advogado, ANDRÉ AMBRÓSIO RIBEIRO PESSOA, 46 anos, que foi assassinado em Caruaru, em frente a casa da ex-sogra no dia 12 de julho deste ano no Loteamento Itamaraty, no Bairro Kennedy.

A vítima que residia no Recife tinha ido a Caruaru, para rever a filha de 5 anos. O advogado após pegar a criança na casa da avó materna,  a levou pra passear em um shopping da cidade em companhia da babá, ao retornar para deixar as duas, foi surpreendido pelo assassino que o executou com vários disparos de arma de fogo, na presença da criança e da babá.
No cumprimento dos mandados,   foram empregados 38 (trinta e oito) Policiais Civis, entre Delegados, Agentes e Escrivães. A operação foi coordenada pela DINTER-1, supervisionada pela Chefia de Polícia Civil com assessoramento da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco - DINTEL e contou  com o apoio da Polícia Civil do Estado da Bahia e de Sergipe.

A ex-esposa do advogado, apontada pelo polícia como mandante do assassinato, ISADORA FERREIRA DE ALMEIDA, foi localizada e presa no Recife.
O executor do homicídio RAMON REIS DA SILVA,  já estava preso desde o dia 09 de agosto e está cumprindo pena em um presídio de Aracaju - Sergipe, os outros envolvidos  foragidos JOSÉ JAMESON DE SALES, (“Jairzinho”), EMERSON HENRIQUE DE AZEVEDO, (“Bê”) e JOSÉ ISAAC FERREIRA DE ALMEIDA, ainda estão foragidos.


O delegado  Dr. Rodolfo Bacelar, relatou  que o crime foi encomendado por Isadora,  ex esposa do advogado e pelo irmão dela, JOSÉ ISAAC, que a dupla contratou os três pistoleiros, Ramon, Jairzinho e Bê os quais deslocaram-se  até Caruaru para cometer o assassinato. O trio assassino usou um veículo Aircros com placa clonada.
No momento do crime ao abordar a vítima Ramon, seguindo recomendações dos mandantes, teve o cuidado de afastar a babá e a criança, para poder realizar a execução, enquanto isso os dois comparsas o aguardavam  dentro do carro, pois além da criança ser filha de Isadora, a babá é sua prima.



Com o objetivo de conseguir um álibi no dia do crime, Isadora viajou para outro estado.
A polícia ainda afirmou que a motivação era porque  Isadora e o irmão eram sócios em algumas empresas do advogado e que a morte dele, lhes traria benefícios financeiros. O carro usado pelos bandidos foi encontrado abandonado e queimado na Zona Rural de Cupira.
Ainda de acordo com o delegado, Emerson participou do assassinato de André, dando suporte no levantamento do local onde a vítima pegaria a filha e na fuga de Ramon, enquanto que o Jairzinho era o proprietário do veículo utilizado na morte da vítima.   Ramon que é apontado como responsável por parte do Tráfico de Drogas no Estado de Sergipe e também pela prática de homicídios por encomenda, estava homiziado em Caruaru há 5 meses, devido a ter executado um traficante rival por disputa de território.
Se você sabe do paradeiro desses  marginais os denuncie ligando para o Disque-Denúncia Agreste através do telefone (81) 3719-4545 ou entre em contato com com a 20ª Delegacia de Homicídios de Caruaru, através do Whatsapp (81) 9 9488-7042,  os canais garantem total sigilo.

Um comentário: