Translate

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

EM SALOÁ DURANTE OPERAÇÃO REALIZADA PELA POLICIA CIVIL, 03 PESSOAS FORAM PRESAS COM GRANDE QUANTIDADE DE PÁSSAROS SILVESTRES, ARMAS DE FOGO E MUNIÇÕES




Na manhã de ontem (29.08.18),  policiais civis da Delegacia de Saloá, sob o comando do Delegado Alysson Câmara deflagraram operação denominada “HEAD SHOT”, objetivando apurar denuncias de comercialização, posse ilícita de armas de fogo, guarda em cativeiro e comercialização de pássaros silvestres, oportunidade em que se dirigiram ao endereço do suspeito o aposentado  MANOEL MARTINS DA SILVA,  85 anos, residente  na Rua Roldão Tenório Cavalcante, Centro - Saloá, onde após receberem  autorização do proprietário, realizaram uma busca minuciosa no local, vindo a localizarem um verdadeiro arsenal, composto por 23 armas de fogo, sendo: 2 revólveres, 1 rifle, 1 garruncha e 19 espingardas de diversos calibres utilizadas para caça, tanto de fabricação industrial quanto artesanal, munições de diversos calibres, bem como apetrechos para recarga, composto por: pólvora, polveiro, chumbo, espoletas, buchas, além de instrumentos utilizados em caça de animais silvestres. 





Na ocasião, o suspeito alegou não ser proprietário de todas as armas, apenas do revólver calibre 38, afirmando que, para complementar sua renda, trabalhava como armeiro na região realizando pequenos consertos, só que a maioria delas seriam de pessoas desconhecidas que as deixavam naquele local para serem consertadas. 
A referida apreensão impressionou até mesmo a equipe de experientes Policiais Civis que efetuaram a prisão do suspeito, pela grande quantidade de armamento e munições de grosso calibre, inclusive de uso exclusivo do Exército Brasileiro, encontrados e apreendidos no local -  uma residência simples, em pleno centro da cidade -  onde o autuado mora juntamente com sua esposa. 
Verificou-se ainda que o cidadão, apesar da idade, é bastante conhecido na região atuando no conserto e manutenção de armas há vários anos, inclusive possuí uma pequena oficina na garagem de sua residência. 
O suspeito foi autuado pelo crime de posse ilícita de armas de fogo de uso restrito e comércio equiparado de arma de fogo e munições, permanecerá custodiado na 18ª Delegacia Regional de Garanhuns para ser apresentado na Audiência de Custódia. 







Dando continuidade a Operação “HEAD SHOT”, a equipe de Policias Civis comandada pelo Delegado Alysson Câmara, dirigiram-se ao Sítio Sta. Tereza, Zona Rural de Saloá,   e na residência do agricultor  MYRIEL CAVALCANTI MELLO FILHO,  63 anos, contra quem havia denuncia de que estava na posse ilícita de armas de fogo e munições, foi encontrada uma espingarda cal. 16, marca ROSSI, de dois canos, acompanhada de 15 (quinze) cartuchos no mesmo calibre intactos, todos intactos. Diante do estado de flagrante, o suspeito recebeu voz de prisão e foi levado à Delegacia local para adoção das medidas legais cabíveis, sendo autuado pelo crime de posse irregular de arma de fogo/munição, pagou fiança e vai responder ao processo em liberdade. 

Ultimando a Operação “HEAD SHOT”, que também significa “Tiro Certeiro”, a equipe se deslocou até a Rua Velha, no Povoado São Serafim, nesta cidade de Saloá, para verificar denuncia de posse ilícita de pássaros silvestres em cativeiro e armas de fogo, sendo comprovada a denuncia, onde o o agricultor  GILMAR FERREIRA E SILVA,  54 anos) foi flagrado mantendo diversas aves silvestres em gaiolas e viveiro. Na ocasião, durante as buscas também foram localizadas e aprendidas duas armas de fogo, sendo 1 (uma) espingarda cal. 36 e 1 (um) revólver cal. 38 com oito munições intactas, que pertencem ao suspeito, o qual recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Delegacia, onde foi autuado em flagrante delito pelo crime de posse irregular de arma de fogo e por manter em cativeiro, sem autorização do IBAMA, diversos pássaros silvestres da fauna brasileira, vindo a pagar fiança e responderá ao processo em liberdade.
Participaram da Operação, que retirou de circulação 26 (vinte e seis) armas de fogo, diversas munições e devolveu à liberdade inúmeros pássaros silvestres: o Delegado ALYSSON CÂMARA, os Comissários CAIO AFONSO, FLORISVALDO JÚNIOR, Agente RENATO SILVA e a Escrivã YARA LIMA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário