Translate

quinta-feira, 24 de maio de 2018

SUSPEITO DE AGREDIR ADOLESCENTE DENTRO DE LANCHONETE McDonald's, EM RECIFE, PRESTOU DEPOIMENTO



O promotor de vendas Wenceslau dos Santos, 37 anos, que apareceu em um vídeo dando um tapa no rosto de um adolescente de 17 anos no McDonald’s de Boa Viagem, Zona Sul do Recife, prestou depoimento à polícia na manhã de ontem (23.05.18). O suspeito se apresentou no Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA), bairro da Madalena, Zona Oeste da capital pernambucana. É a primeira vez em que ele se apresenta à polícia. Os pais do jovem agredido prestaram depoimento assim que o inquérito foi aberto, no dia 4 deste mês.
Na delegacia, Wenceslau não quis falar com a imprensa. A advogada de defesa do acusado, Isabel Mota, pediu para que a imagem do homem fosse preservada, pois ele estaria sendo ameaçado de morte. Ela afirmou que o promotor de vendas mudou de endereço junto com a família por conta da repercussão do caso, e que ele teme perder o emprego em uma empresa privada, na qual ainda mantém vínculo.
Mota ainda falou sobre a utilização do termo homofóbico “viado”, registrada nas imagens. Ela argumentou que conseguiu juntar ao inquérito uma análise que demonstra que Wenceslau não usa a palavra para se referir ao jovem, sendo uma terceira pessoa a autora da agressão verbal.
O inquérito ainda está em andamento. A Polícia Civil vai analisar o material e decidir se a agressão se trata de uma lesão corporal leve, sendo aberto um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), ou grave, ficando, neste caso, à disposição da delegacia para que sejam tomadas as medidas judiciais cabíveis.

O caso:
Em imagens registradas no dia 1º de maio, Wenceslau, usando um boné de cor azul, aparece gritando com o adolescente durante uma discussão dentro do McDonald's. Depois, ele pega com força na nuca do jovem e desfere o agride com um tapa no rosto. A discrepância entre o físico de Wenceslau e o jovem franzino chama a atenção. A briga se dá na fila da lanchonete, em meio a vários clientes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário