Translate

quinta-feira, 24 de maio de 2018

LAUDO DO IML CONFIRMA: IDOSA QUE FOI ENCONTRADA MORTA DENTRO DE CASA EM CARUARU, FOI VITIMA DE HOMICÍDIO



Ontem  (23.05.18), o IML de Caruaru  entregou o Laudo da Perícia Tanatoscópica que foi realizada no corpo da idosa, IVANETE PINTO DE NEGREIROS,  84 anos, que residia na Rua Luiz de Carvalho,  (próximo ao Terminal Leste e ao Rio Ipojuca) – Centro o de Caruaru, a qual  foi encontrada morta dentro da sua residência na quarta-feira da semana passada (16.05).

De acordo com o delegado   Dr. Alberes Costa, apesar do corpo não apresentar  marcas visíveis de violência, havia uma forte desconfiança de que a morte da idosa havia sido provocada de forma violenta, suspeita essa que foi confirmada pelo  Laudo do IML.  A autoridade policial relatou que no laudo consta que a vítima sofreu um traumatismo crânio-encefálico, que foi atingida com golpes de objeto contundente que pode ter sido um martelo, uma barra de ferro ou um pedaço de madeira.
De posse da prova técnica a equipe da 20ª Delegacia de Homicídios  segue investigando o caso.


Relembre o caso:

EM CARUARU: IDOSA DE 85 ANOS ENCONTRADA MORTA DENTRO DE CASA PODE TER SIDO VITIMA DE LATROCÍNIO




Uma idosa de 85 anos, foi  encontrada morta dentro de casa na tarde de ontem (16.05.18), em Caruaru.
A vitima,  IVANETE PINTO NEGREIROS, que residia na Rua Luiz de Carvalho, Centro de Caruaru, apresenta lesões na testa e na nuca inclusive com um afundamento no crânio.
O corpo foi encontrado por uma cuidadora de idosos que todos os dias a residência da vitima para prestar cuidados a ela e ao esposo um ancião com mais de 90 anos.
De acordo com a Polícia Civil, as lesões sofridas pela vitimas são incompatíveis com o cenário do  local e que existe  uma grande probabilidade dela ter sido vítima de  latrocínio. Uma equipe da 20ª Delegacia de Homicídios, acompanhou o levantamento cadavérico, mas a princípio  o caso está sendo tratado como “Morte a Esclarecer”. O corpo  foi encaminhado ao IML local, para realização do Exame Tanatoscópico essencial para a conclusão do caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário