Translate

segunda-feira, 21 de maio de 2018

DETENTOS DE TACAIMBÓ CASARAM EM CERIMÔNIA RELIGIOSA





O fato de estarem cumprindo pena em regime fechado, não impediu que 17 detentos da Penitenciária de Tacaimbó (PTAC), no Agreste do Estado, realizassem o sonho de casar. A cerimônia coletiva ocorreu, na  última sexta-feira (18.05.18), num pavilhão da unidade prisional, que é ligada à Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres).
O Mês das Noivas se fez presente para os 17 casais que vivenciaram o momento com direito à celebração proferida pela Igreja Universal do Reino de Deus, trajes tradicionais, alianças, bolo e quatro convidados para cada par. O corredor do pavilhão se transformou em um espaço cheio de flores para recebê-los. O reeducando Everton Vicente da Silva acredita que se estivesse fora da penitenciária não teria se casado. “Muita coisa lá fora podia impedir que eu me casasse de novo, mas graças a Deus tive essa oportunidade de construir minha família novamente, mesmo preso mas com sentido de vencer e crescer na vida”, afirma.  



“Oferecer esse momento aos reeducandos é uma preocupação da unidade prisional pois além de deixá-los felizes, promove uma maior tranquilidade na cadeia”, afirma o gerente da PTAC, Felippe Diniz. Em 2017, a PTAC realizou o casamento de 14 detentos. O secretário-executivo de Ressocialização, Cícero Rodrigues, foi representado pelo superintendente de Segurança Penitenciária, Clinton Paiva.


Nenhum comentário:

Postar um comentário