Translate

sexta-feira, 6 de abril de 2018

EMPRESÁRIO DONO DE UMA LAN HOUSE EM GARANHUNS É AUTUADO EM FLAGRANTE PELO CRIME DE PEDOFILIA




Ontem (05.04.18), os responsáveis por duas pré-adolescentes de 10 e 13 anos, compareceram a 18° DESEC, queixando-se que as mesmas tinham sido vítimas de um pedófilo.
Os mesmos informaram que as garotas acompanhadas de algumas amigas conversavam em frente a casa da avó na Cohab 1 - Garanhuns, quando observaram que havia um Fox de cor branca, com um homem dentro parado nas proximidades, as meninas não deram importância e com a saída das amigas resolveram ir até um estabelecimento comercial próximo comprar balas, porém durante o trajeto o homem  baixo e gordo, usando bigode, que estava no Fox branco, se aproximou e abordou as garotas, baixou o vidro do carro e disse: “ Oi onde é um lugar pra eu me masturbar? ”  em seguida, pegou uma cédula de R$ 50,00 (cinquenta reais),  ofereceu pra que elas o masturbassem, abriu a calça e lhes mostrou o pênis.
As duas pré-adolescentes assustadas correram em direção a casa da avó, enquanto o pedófilo tomava destino ignorado.


A avó ao tomar conhecimento do ocorrido, acionou os responsáveis pelas meninas.
Os policiais civis após ouvirem o relato das menores acionaram a Polícia Militar, que de posse das informações, dirigiu-se até o local do fato, onde constatou que toda a ação do meliante havia sido gravada pelas câmeras do sistema de segurança de um morador,  pegou as imagens e após identificar a placa do Fox PDK-5692, seguiu até o endereço do suspeito na Rua Elías Laporte, Cohab 2 - Garanhuns, onde o identificou como sendo o empresário EWERTON MACHADO DA SILVA, (Tony do cyber), 46 anos, proprietário de uma Lan House, o qual foi detido e encaminhado a Delegacia de Polícia, onde confessou o crime.
O empresário foi autuado em flagrante, pagou fiança no valor de R$ 2.000,00 e responderá o processo em liberdade.
A Polícia Civil está de posse de imagens (fotografias) do envolvido e pede a outras pessoas que possam ter sido vítimas do mesmo, que procurem a delegacia para fazer o reconhecimento e formalizar a queixa.

Um comentário:

  1. Esse cara é contumaz. Já foi acusado de abuso pela própria filha e pela sobrinha, na época menores de 10 anos. A família abafou o caso.

    ResponderExcluir