Translate

quinta-feira, 13 de abril de 2017

DUPLO HOMICÍDIO É REGISTRADO EM JUREMA, IRMÃOS SÃO ASSASSINADOS A TIROS

No início da noite de ontem (12.04.17), um duplo homicídio foi registrado no Distrito de Queimadas de Jurema.
As vítimas, os irmãos, o comerciante ADILSON RODRIGUES, (Nissim), 42 anos  e o motorista do lotação ADEILSON RODRIGUES, (Beta), 46 anos, que residiam na localidade, estavam no estabelecimento comercial de Nissim, um mercadinho, quando um elemento armado chegou a pé e atirou contra os irmãos, alvejando-os na cabeça e tórax, em seguida fugiu com um comparsa que o aguardava em uma moto.


As vítimas foram socorridas ao Hospital de Jurema, mas deram entrada já sem vida.
Os corpos foram encaminhados ao IML de Caruaru.

Um comentário:

  1. É com total desprazer e indignação que me pergunto qual a necessidade de expor as vítimas em fotos tão crueis e absurdas dentro do IML nessas condições e me pergunto senhora Arlete Santos vc tem família? Pois essas vitimas são pais de famílias, eram esposos e pais e como senão bastasse a crueldade de como eles foram arracados de suas vidas,tendo que enfrentar tamanha dor, são obrigados a ver seus entes queridos exposto numa mesa sem a menor compaixão e dignidade . Isso causa repulsa pois eu me custo a acreditar que as pessoas perderam o amor ao próximo,a solidariedade de se por no lugar de quem esta sofrendo e usa isso para benefício da mídia. Sabe oque realmente é plausível e gera muitos likes e audiência é a compaixão ao próximo, invés de expor as vitimas seja solidário as familias com palavras que as confortem, demostrar que a vida não é so guerra vale qualquer sacrifício, se cada um fizesse a sua parte não teriamos cenas como essa espalhadas pela internet,infelizmente as vitimas não tiveram o direito de se defender e também não poder reclamar de tais imagens, com tamanha tristeza peço um pouco de respeito com as familias , pois eu tenho certeza mais que absoluta senhora Arlete se fosse seu pai , vc não gostaria de ve -lo nessas condições, acredito que vc seja uma boa colunista e pode fazer melhor , a boa notícia não precisa expor as pessoas dessa maneira . Obrigada

    ResponderExcluir