Translate

sábado, 31 de dezembro de 2016

MENSAGEM DE AGRADECIMENTO, FELICITAÇÕES E DESPEDIDA DO MAJOR HUDSON MOURA E FAMÍLIA AO POVO DE GARANHUNS



Um fim de ano com gosto de saudade 
Estamos a poucos momentos de iniciar um novo ano. Para muitos, é a oportunidade de renovar sonhos, investir em novos projetos, alimentar a esperança de que o ano que chega seja melhor do que o ano que vai. Nos últimos 20 anos, eu e minha família compartilhamos momentos maravilhosos a cada natal e réveillon em Garanhuns.
O ano que se inicia traz com ele muitas surpresas. Algumas excelentes, outras que contrariam nossos planos. Quando 2016 começou, eu não imaginava que ele terminaria nos separando de Garanhuns, dos nossos amigos e de tanta gente que tivemos o prazer de servir ao longo desses 20 anos.
Eu e minha família escolhemos Garanhuns para ser a nossa terra. Tanto é, que foi na cidade das flores que vivemos os dois melhores momentos de nossas vidas, os nascimentos de Raiane e depois de Ruan. Se a vida não nos deu a oportunidade de ter sangue garanhuense nas veias, ela foi generosa ao nos permitir escolher presentar nossos filhos com o orgulho de serem garanhuenses.
Não é fácil se despedir. Principalmente de um lugar que nos acolheu tão bem, que nos proporcionou crescimento, que nos deu inúmeras alegrias. Mas a vida tem dessas coisas. Levarei conosco cada dia dedicado ao 9º Batalhão e da mesma Robécia leva junto as emoções vividas nos sítios Mochila e Cruz, onde atuou como enfermeira durante todo esse tempo. 
Impossível não falar no Hospital Dom Moura, que nos deu a chance de servir com amor a cada pessoa que precisou de atendimento naquela unidade hospitalar, da qual fui diretor e saí pela porta que entrei, de cabeça erguida e com o louvor do reconhecimento público.
Mas, como disse no início desse texto, tem coisas na vida que vão de encontro aos nossos desejos. Minha saída do Batalhão Arruda Câmara foi uma delas. Fiz um juramento e me comprometi a servir o Estado de Pernambuco, por essa razão, fui convocado para outras missões na Polícia Militar, na capital do Estado. Antes, porém, quando fui transferido para Caruaru, resisti a ideia de ir embora de Garanhuns e decidi fazer o percurso até Caruaru todos os dias. Mas agora, estamos no Recife e foi inevitável aceitar encarar a nova realidade de refazer a vida no Recife.
2017 será um ano de recomeço, de mudanças, de novos desafios, mas jamais terá a força de me fazer esquecer do passado e dos amigos que fizemos. Para encerrar, manifesto aqui os meus mais sinceros agradecimentos a todos os que fizeram parte de nossas vidas em Garanhuns e desejo um ano novo de paz, de felicidade, de conquistas e de boas surpresas.

Hudson e Robécia Moura


Nenhum comentário:

Postar um comentário