Translate

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

DELEGADO ALYSSON CÂMARA E EQUIPE DA DELEGACIA DE SALOÁ, REALIZAM VERDADEIRA CAÇADA PARA PRENDER ELEMENTO ACUSADO DE ESTUPRAR 02 IRMÃS, ENGRAVIDAR UMA DELAS E TRANSMITIR O VÍRUS HIV AS VITIMAS





Na data de hoje (09.12.16) a equipe da Policia Civil de Saloá, Comandada pelo Delegado Alysson Câmara, dando prosseguimento a Operação Esforço Geral III, cumpriu mais um Mandado de Prisão Preventiva expedido pela justiça em desfavor JOSIVALDO DA SILVA FILHO,  (Choxo), 20 anos, natural de Iati-PE, o qual  reponde a dois um por agressão as próprias irmãs (Maria da Penha) e o outro pelo crime de Estupro.
O acusado "Choxo", abusava sexualmente das duas irmãs mais novas dele, desde que as irmãs tinha 8 anos de idade, o mesmo mantinha relações sexuais com elas à força.
Atualmente as vitimas se encontram com 11 e 12 anos de idade.
O elemento, sempre que ficava sozinho  em casa com as irmãs cometia a violência, reversando entre uma ou outra, e quando alguma delas reclamava ou não deixava, ele batia e ameaçava.
Uma das irmãs hoje se encontra grávida do acusado e outra está com suspeita de também ter engravidado, (aguardando exame médico). Uma das  irmãs  apresenta suspeita de ter adquirido HIV com o acusado.


A violência só foi descoberta no mês de outubro deste ano, pela irmã mais velha, que de imediato procurou o Conselho Tutelar e fez a denúncia tendo os conselheiros procurado a Delegacia de Policia de Saloá e formalizado queixa.
Fato que levou o Choxo, a ameaçar e surrar as irmãs usando uma faca peixeira, com o intuito de amedrontá-las em seguida o mesmo tomou destino ignorado.
No fim do mês de novembro o juiz da Comarca de Saloá,   acatou a solicitação do delegado  Dr. Alysson Câmara e decretou a prisão preventiva de JOSIVALDO, então os policiais deram inicio a uma verdadeira caçada e após 02 semanas de intenso trabalho investigativo, conseguiram descobrir onde que o acusado estava escondido e trabalhando em uma fazenda, no Sitio Baixa Verde, Zona Rural de Saloá.
Disfarçados de  fazendeiros os policiais  foram até o local de trabalho do meliante, tentando efetuar a compra de uma carrada de palma  que seria usada na alimentação do gado, em meio a negociação o elemento apareceu para recepcionar os policiais,  momento em  que a equipe deu voz de prisão. Não houve nenhum tipo de reação por parte do acusado.

Choxo, foi conduzido á Delegacia de Policia de Saloá e após os procedimentos legais, recolhido á Cadeia Pública local. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário